Como se sabe, o uso de peças e componentes não originais em sistemas hidráulicos está entre as principais causas de danos em equipamentos estacionários e veiculares. Quando são instalados produtos que não atendem as especificações originais, é certo que isso afetará a performance dos equipamentos, e é possível também prever que as paradas para manutenção serão mais frequentes, gerando custos desnecessários.

Outro aspecto relevante a ser lembrado é que peças e componentes de origem desconhecida muitas vezes podem colocar em risco a segurança dos operadores de máquinas e veículos, que dependem da boa performance de seus acionamentos hidráulicos.

Responsabilidade

Considerando que muitas empresas do segmento sucroenergético aproveitam a entressafra para fazer manutenções corretivas e preventivas em seus equipamentos e processos, a Parker, tradicional fornecedora de sistemas hidráulicos para os principais fabricantes de máquinas agrícolas e equipamentos industriais do país, relembra os benefícios da utilização de componentes originais.

A simples opção pelo uso de peças genuínas já é suficiente para assegurar a quem tem a responsabilidade da gestão da produtividade, seja no campo industrial ou no ambiente do agronegócio, três vantagens essenciais:

1) ampliação da vida útil de sistemas e peças;

2) redução de custos com paradas para manutenção; e

3) ampliação dos níveis de segurança no trabalho.

Economia no consumo

Além disso, outros ganhos significativos da instalação de componentes originais em máquinas e equipamentos são a redução do consumo de combustível, a maior confiabilidade dos sistemas – e por consequência melhores índices de produtividade –, e a garantia do suporte técnico oferecido pela Parker em todo o Brasil.

Fonte – Parker.com